"O homem não é a espécie mais forte sobre a terra, nem a mais ágil. Talvez não seja nem a mais esperta (...). 

Mas de uma coisa podemos nos orgulhar: somos os mais medrosos."

Revista Super Interessante

Edição 10 - Outubro de 2000

página 60

Conheça a Dra. Cecilia Bellina

Psicóloga com mais de 30 anos de experiência, formada pela Universidade Metodista e especialista em Transtornos de Ansiedade, Medo, Fobia e Pânico. Autora do livro: “DIRIGIR SEM MEDO” lançado pela Editora Casa do Psicólogo – 3ª edição.

Cecilia Bellina.png

Especialidades

Preparei para este site um dicionário de nomes de fobias, ao todo consegui elencar mais de 300 nomes, mesmo sendo uma especialista no assunto há  décadas, devo confessar que muitos ali existentes eu nunca tinha ouvido falar, nem o nome e muito menos conhecido alguém que tenha este medo, mas tomei o cuidado de verificar se o nome apresentado realmente existe antes de coloca-lo na minha lista, escolhi 6 fobias para abrir esta página, que não são as mais comuns e nem mesmo as que eu mais atendi na minha vida profissional, mas talvez as mais atuais.

01

Medo de Morrer

Podemos citar vários motivos para o medo da morte, aqui colocarei apenas 3, medo do desconhecido, de não saber o que vou encontrar, medo de não cumprir o meu papel por inteiro na vida, medo da dor do sofrimento que a morte pode nos trazer.

04

Medo do desemprego

Exigências cada vez maiores com metas absurdas  e altos desempenhos, geram incertezas em relação ao  emprego, causando ansiedade. Insônia, tensão, irritabilidade e problemas de concentração, são sintomas comuns e acabam causando o efeito contrario ao esperado pela empresa, ou seja, baixa produtividade e estresse que muitas vezes geram a temida demissão.

02

Levam as pessoas a se preocupar com a ideia de adoecer, muitas vezes elas não tem sintomas físicos, mas se tiverem, sua preocupação é mais com o medo de estar seriamente doente do que com os próprios sintomas.

05

Também conhecido como fobia social é o medo constante e marcante de sentir-se exposto, rejeitado ou  avaliado em qualquer situação no âmbito social.

03

Medo de contaminação

Evitam sair do ambiente seguro onde vivem e quando expostas as situações sociais alteram seu padrão de respiração e o contato manual com qualquer objeto que possa ter sido manuseado por outras pessoas.

06

Medo de errar

Sentir insegurança é normal em muitas situações, muitas vezes, nos torna mais cuidadosos, porem o medo exagerado, pode ser paralisante e faz com que se deixe de agir, perdendo oportunidades de crescer e conquistar o que deseja.